O Rei partiu (se). Pobres Príncipes ?

  

all in one

 Man in the Mirror 

.Royalty

E quando o espelho se parte,

em quem se verão reflectidos os filhos ?

 

príncipes

Nem o dinheiro, nem a fama, nem os títulos de nobreza

garantem a felicidade. Ponto 

  .

(Neverland Forever) 

.

Anúncios

~ por BrancaINPura em 26/06/2009.

20 Respostas to “O Rei partiu (se). Pobres Príncipes ?”

  1. Man in the mirror…. my favorite song of all.
    Hope he reaches his Neverlad, in Peace.

  2. He’s on the other side of the mirror now.
    “(…)For Once In My Life
    It’s Gonna Feel Real Good(…)”
    Our day will came too…

  3. O Artista Michael Jackson ,especializado em pimbalhada pop,altamente industrializada,robotizada e tecnologica,morre falido com 500 milhões de dolares de dividas!
    É OBRA!
    E assim se constroem os “mitos” modernos!
    Mas a sacrosanta facturação vai continuar!

    Paz a alma do HOMEM Michael Jackson !

    • Deve ser mesmo inculto,e esta armado em fino,pimbalhada ,palhaço é você.Deves ter muito a ver se ele andava falido deves ser tu que vais pagar.PALHAÇO

      • André
        Não deve ter percebido, mas pelo comentário posterior de João Santos -pelo que eu percebi- a antipatia dele é pelo sistema americano em geral e não pelo Michael Jackson em particular.
        E você é um fã de Michael Jackson, certo ?
        Eu não sou nenhuma especialista em música, gosto das músicas que entram por mim adentro e fazem vibrar qualquer coisa indefenível. Apaixono-me por elas, ou não.
        Não é por serem eruditas que me seduzem, não é por as chamarem de pimbas que eu vou deixar de dar umas voltas com elas e divertir-me à grande… rs
        Rótulos são apenas rótulos e até podemos brincar com eles de vez em quando, acho eu. Desde que se respeite a pessoa além deles.
        Parece-me que o João Santos, ao desejar paz ao homem MJ, o fez.
        E repito a frase de Caetano que usei para lhe responder a ele:
        “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é…”
        E ser Michael Jackson não deve ter sido nada fácil…
        (também já ouvi dizer, não sei se é verdade, que o dinheiro gerado pelo aumento do volume de vendas dos seus discos, desde que morreu, já daria para pagar essa suposta dívida !)

    • Quem é você para denegrir a imagem de um rei, ele não é o rei da pop é o rei da generosidade, talves por esse motivo abusaram disso mesmo e tiraram partido disso inventando autenticas calunias apenas com intuito de o estorquir, porque a aura dele é branca e pura, penso que as frequentes mudanças dele tradiziam um certo mau estar social e psicologico. Para mim ele é o maior e o melhor e vai ser sempre,é um icone. adoro-o

  4. Pimbalhada, João Santos ? rs
    Da boa, da muito muito boa ! rs
    Por mais que a nossa RAZÃO esperneie e se debata com a qualidade ou falta de, o merecimento ou falta de, e os valores astronómico$ envolvidos na indústria do entretenimento, é o nosso CORAÇÃO quem decide o que nos entretém ou não.
    (É por isso que há músicas -pimbas ou não- que mexem com os nossos sentimentos porque nos lembram uma determinada época da nossa vida -tenhamos gostado delas ou não na altura em que foram lançadas.)
    É por isso também que um CR7 (pimbalhaço ? rs), outro “mito moderno” atinge o valor que dão por ele. Porque milhares(ões) de corações de torcedores vibram quando o vêem em acção. Entretêm-se.
    Mas como o coração humano é volúvel e a razão ambiciosa, da mesma maneira que elegemos um mito, somos capazes de destruí-lo ou enlouquecê-lo logo a seguir com o nosso fanatismo ou crueldade…
    No fim, paz à nossa alma é o que todos merecemos, não é ?
    Afinal, como diz outro mito, o Caetano Veloso:
    “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é…”

  5. Da America só nos chegam “bons exemplos”! O Senhor Michael Jackson o Rei da Cultura pop. Deixou 500 milhões de dolares de dividas e uma vida duvidosa a todos os titulos. O senhor Bernard Madoff o Rei da Finança. Deixou uma fraude de 50 000 milhões de dolares e uma serie de pessoas na miseria. Esta na altura de acordar e blindar a importação destes produtos made in america. Os americanos que consumam o lixo que produzem!

    • João, infelizmente nós também já somos produtores tanto de indivíduos exóticos -no pior sentido- que vivem de aparências, como de grandes golpistas financeiros. Está à vista de todos.
      Talvez devêssemos sim blindar as nossas fronteiras e os nossos tribunais para que eles não tenham possibilidade de fuga. À Justiça.
      Acordemos, pois.
      Mas não me parece que sejamos tão macaquinhos de imitação dos americanos.
      E veja lá, a americana Paris Hilton parece que já consumiu o nosso… o CR7 que produzimos ! rs
      (o que eu acho muito bem, aliás. Ele tem feito mais pela divulgação do nosso país lá fora do que todos os projectos de marketing turístico e orçamentos de estado para aí vocacionados.
      Se dá de nós uma boa imagem ou não… será um problema parecido com o que a Áustria enfrenta agora com o lançamento do filme “Bruno”: http://www.presseurop.eu/pt/content/article/33531-bruno-o-filme-mais-odiado-pelos-austriacos.
      Talvez você goste desse filme que ridiculariza o lixo americano.
      Ah ! E eu até gosto do CR7. É o que se pode arranjar… rs)
      Volte sempre

  6. Tantos sites que já percorri tantas reportagens que já li, e em nenhuma delas se fala do homem benemérito que foi michael jackson, porquê? não entendo aliás entendo ser bom não vende.

    • Pertinente o seu comentário, Cristina.
      Talvez isto que esteja a acontecer venha do fato do MJ ser uma pessoa tão enigmática e misteriosa. Todos querem saber quem era na verdade o homem por trás do mito.
      Não duvido do bem que ele fez. Mas ele era uma alma atormentada, mais que bom ou mau.
      É bom saber que até os mais atormentados em algum momento conseguem ultrapassar os seus próprios fantasmas e fazer o bem, dar a paz que não têm.
      Depois de passar todo este vendaval de surpresas e sustos, acho que o que vai ficar do MJ para a história será exactamente o bem que ele fez apesar de… e o seu talento inegável, quer o apreciássemos ou não.

  7. A conversa deveria conduzir à homenagem a um homem que lutou pela igualdade das raças, despertou para os problemas da fome em África e para a protecção das crianças. E que deixou uma história inesquecível de momentos fantásticos de televisão de rádio e de palco.

    Deixem-se de pimbalhadas uns com os outro.

    • E veio você, Carlos, para conduzi-la para esses aspectos.
      Mas sabe o que eu penso ?
      Todos somos imperfeitos, todos temos defeitos e cometemos muitos erros.
      E é por sermos assim que aquilo que conseguimos realizar de nobre, de bom e de altruísta na nossa vida, tem um grande valor.
      Quando morremos não se apagam os nossos erros e não ficamos subitamente bons. Mas o que fizemos de bom é que conta e fica para a posteridade.
      E o MJ tocou o coração de milhões de pessoas.
      De certa maneira esse é o legado que ele realmente deixa para os filhos.

  8. Aqui está um link para uma notícia muito humana sobre o MJ:
    http://x17online.com/celebrities/michael_jackson/michaels_bodyguard_gives_shocking_details_in_new_interview-07032009.php

  9. Antes de mais é maravilhoso verificar que a fama não mudou este homem como acontece com a maior parte dos grandes (e pequenos) artistas. Depois, chego à conclusão de que o homem por trás do mito era simplesmente uma criança. Uma criança que tentava viver a infância que nunca teve. Basta ouvir a música “Childhood”. Mas não o deixaram… Em vez disso, foi sempre injustamente e amplamente criticado pela imprensa, que apenas se preocupava com a cor de pele do MJ ou se ele era o pai verdadeiro das crianças. Enfim… Subitamente, a imprensa deixou de lado o génio da música que ele foi e a alma caridosa que sempre demonstrou ser. Porque infelizmente vivemos num mundo em que apenas os escândalos (muitos deles falsos) é que vendem.
    E quem tiver dúvidas acerca da postura do MJ pode ir ao Youtube e procurar os HOME PRIVATE MOVIES. Lá encontrarão uma série de vídeos pessoais do MJ onde se nota claramente a criança e alma caridosa que ele foi.
    Resta-nos homenageá-lo da melhor forma possível, quer seja ouvindo a sua música (que será imortal), ou falando dele aos nossos filhos e quiçá aos nossos netos.
    Pela pessoa que foi, ele merece isso da nossa parte.

  10. Carla, Vanessa
    Eu pouco teria a acrescentar além do que já disse… mas acabei de ler um post muito bonito. Até me emocionou.
    E vai de encontro àquilo que vocês dizem ao mesmo tempo que, através do coração, nos lembra o Michael Jackson que há-de permanecer na história.
    É aqui:
    http://sol.sapo.pt/blogs/unroyal/archive/2009/07/07/Michael-Jackson_2C00_-desculpa.aspx

  11. Brancainpura,
    Acabei agora mesmo de ver o blog com o texto “Michael Jackson, desculpa”. Está realmente muito bonito e demonstra claramente a postura que muita gente tinha em relação ao MJ. Eu própria, que sempre gostei dele e sempre tive a minha própria opinião em relação aos escândalos, comecei a procurar todo o tipo de notícias relacionadas com ele depois da sua morte. E só aí lhe dei realmente todo o valor que ele merece. Mais uma vez chego à conclusão de que só damos o real valor às pessoas quando notamos que as perdemos para sempre.
    É pena, mas sempre será assim…

  12. Pois é, Vanessa, vivemos sempre no passado ou no futuro e esquecemo-nos do presente…
    Já que andas a pesquisar, está aqui outro link para um blogue com mais material sobre ele:
    http://q208.wordpress.com/
    E aproveita o presente ! rs

  13. […] como a música I Never Heard, que ele escreveu com Jackson em 1983.  Fitas roubadas por Jackson, processos, créditos alheios mal parados…    Resta saber se foi a produtora ou Michael […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: